Descontração aumenta sucesso de fertilizações in vitro

Médicos israelenses descobriram que usar palhaços para animar mulheres com problemas de fertilidade aumenta as chances de sucesso do tratamento.
Médicos israelenses descobriram que usar palhaços para animar mulheres com problemas de fertilidade aumenta as chances de sucesso do tratamento.
O resultado do estudo –apresentado nesta quarta-feira durante uma conferência de fertilidade em Praga– mostra que um terço das mulheres entretidas pelos palhaços durante o tratamento de fertilização in vitro conseguiu engravidar.

Entre as que não recorreram ao novo método, apenas 19% tiveram sucesso depois da implantação do embrião no útero.

Apesar de os palhaços já terem ficado famosos pela “terapia do riso” com crianças, eles ainda não tinham sido usados com mulheres que estão tentando engravidar.

O médico Shevach Friedler, que liderou a pesquisa do Centro Médico Assaf Harofeh, disse que as pacientes que fazem tratamentos de fertilidade estão sob muito estresse e que o riso ajuda a acalmá-las.

Antes de estudar medicina, Friedler fez um curso de movimento e mímica na França, de onde pode ter vindo a idéia original.

Enquanto palhaços com narizes vermelhos e sapatos enormes funcionam bem com crianças, os médicos acharam que algo mais adulto surtiria melhor efeito entre as mulheres.

Eles criaram então um personagem vestido com uma roupa amarela e branca e um chapéu de chefe de cozinha, que conta piadas, faz truques de mágica e ajuda as pacientes a relaxar enquanto elas se recuperam depois de ter o embrião implantado no útero.

Dois grupos de 93 mulheres entre 25 e 40 anos participaram do estudo. Das que tiveram a sessão de 10 a 15 minutos com o palhaço, 33 engravidaram. Entre as que foram apenas submetidas ao tratamento convencional, este número caiu para 18.

Fonte: [url=http://www1.folha.uol.com.br/folha/bbc/ult272u54321.shtml]www.uol.com.br[/url]

About Marina Bellissimo Rodrigues

Comments are closed.