Esperança para tratamento de portadores de Síndrome de Down

Cientistas da Faculdade de Stanford nos Estados Unidos identificaram o gene que produzido em excesso pode impedir que células do cérebro funcionem normalmente.
Cientistas da Faculdade de Stanford nos Estados Unidos identificaram o gene que produzido em excesso pode impedir que células do cérebro funcionem normalmente.
A trissomia no cromossomo 21 é a característica genética mais marcante encontrada nos portadores da Síndrome de Down, essa situação causa a produção em excesso de uma substância que gera problemas nas células do cérebro.

Os cientistas responsáveis pelo projeto acreditam ter encontrado o gene que gera a produção excessiva da substância e buscam uma maneira de anular a fabricação dela para que os danos cerebrais sejam evitados e até mesmo revertidos.O achado pode facilitar a compreensão do mecanismo que causa a Síndrome de Down.

A pesquisa visa desenvolver uma maneira de diminuir a influência do gene e promover um cuidado mais intenso aos portadores do problema.

Fonte: [url=http://boasaude.uol.com.br/news/index.cfm?news_id=6418]www.bibliomed.com.br[/url]

About Marina Bellissimo Rodrigues

Comments are closed.