CREPOP quer conhecer atuação profissional de psicólogos do interior

No I Fórum Regional de Psicologia e Saúde Pública, realizado nos dias 3, 4 e 5 de agosto no Hotel Ca’d’Oro, em São Paulo, o Centro de Referência em Psicologia e Políticas Públicas (CREPOP) entregou aos psicólogos, que participaram do evento, um questionário auto-aplicativo para que a entidade tenha um perfil dos profissionais a respeito da prática profissional em seu dia-a-dia.

Além disso, o CREPOP iniciou contatos com as administrações municipais do Estado de São Paulo para tentar saber qual é a localização dos psicólogos dentro dos programas de governo.

A princípio, foi enviada uma carta aos prefeitos das 10 maiores cidades do Estado, solicitando uma audiência com a administração para que seja feita uma apresentação formal da entidade.

A carta pede também que seja aberto um espaço para que o CREPOP converse com cada secretário municipal a fim de levantar dados sobre programas de governo de suas respectivas pastas

Fonte: [url=www.crpsp.org.br]www.crpsp.org.br[/url]
No I Fórum Regional de Psicologia e Saúde Pública, realizado nos dias 3, 4 e 5 de agosto no Hotel Ca’d’Oro, em São Paulo, o Centro de Referência em Psicologia e Políticas Públicas (CREPOP) entregou aos psicólogos, que participaram do evento, um questionário auto-aplicativo para que a entidade tenha um perfil dos profissionais a respeito da prática profissional em seu dia-a-dia.

Além disso, o CREPOP iniciou contatos com as administrações municipais do Estado de São Paulo para tentar saber qual é a localização dos psicólogos dentro dos programas de governo.

A princípio, foi enviada uma carta aos prefeitos das 10 maiores cidades do Estado, solicitando uma audiência com a administração para que seja feita uma apresentação formal da entidade.

A carta pede também que seja aberto um espaço para que o CREPOP converse com cada secretário municipal a fim de levantar dados sobre programas de governo de suas respectivas pastas

Fonte: [url=www.crpsp.org.br]www.crpsp.org.br[/url]

About Marina Bellissimo Rodrigues

,

Comments are closed.