Ecstasy e maconha afetam a memória, diz pesquisa

Cientistas encontraram evidências de que tomar ecstasy ou fumar maconha pode levar a problemas de memória, segundo pesquisa publicada no Journal of Psychopharmacology.

Cientistas encontraram evidências de que tomar ecstasy ou fumar maconha pode levar a problemas de memória, segundo pesquisa publicada no Journal of Psychopharmacology.

A pesquisa ouviu 763 usuários da internet no mundo todo e descobriu que quem toma ecstasy tem problemas para se lembrar de fatos antigos enquanto quem fuma maconha enfrenta dificuldades para lembrar informações mais recentes.

Cada participante passou por uma série de testes para verificar as memórias de curto e longo prazo. Os resultados foram analisados na Grã-Bretanha.

Os cientistas envolvidos na pesquisa descobriram que usuários de ecstasy estariam 23% mais propensos a esquecer coisas do que os que nunca tomaram a droga, enquanto o aumento na tendência ao esquecimento para os que fumam maconha é de 20%.

Os pesquisadores verificaram como os questionários foram preenchidos e concluíram que os usuários das substâncias tinham uma tendência maior a cometer erros.

O doutor Jacqui Rodgers, da Universidade de Newcastle, disse que a diferença, apesar de marginal, é significativa e preocupante.

“Causa igual preocupação o fato de que não sabemos quais são os efeitos a longo prazo do ecstasy”, disse.

O porta-voz da ONG britânica DrugScope concorda com o cientista e diz que o necessário seria acompanhar os usuários de ecstasy durante alguns anos para descobrir quais são os efeitos da droga a longo prazo.

Fonte: [url=http://www.bbc.co.uk/portuguese/ciencia/story/2004/01/040115_drogasrc.shtml]BBC Brasil[/url]

,

Comments are closed.