Estudo investiga ligação de dieta com Alzheimer

Pesquisadores da organização não-governamental britânica Alzheimer's Society estão lançando um estudo para investigar as possíveis ligações entre a dieta e o Mal de Alzheimer.

Pesquisadores da organização não-governamental britânica Alzheimer's Society estão lançando um estudo para investigar as possíveis ligações entre a dieta e o Mal de Alzheimer.

Os pesquisadores testarão os efeitos de sucos de frutas, vinho tinto e peixes oleosos sobre a incidência de doenças mentais.

Eles deverão analisar dados de estudos novos ou em andamento para verificar se uma saudável “dieta mediterrânea” poderia reduzir o risco de desenvolver o Mal de Alzheimer.

Segundo a organização, a partir dos 30 anos, as chances de desenvolver a doença dobra a cada cinco anos.

E quando a pessoa chega aos 80, as chances são de uma em seis.

Dieta "extrememente benéfica"

A dieta mediterrânea – rica em frutas, vegetais e cereais acompanhando peixes e álcool, e muito poucos laticínios e carnes – tem sido considerada como boa para a saúde já há algum tempo.

Mas Neil Hunt, diretor-executivo da Alzheimer's Society, parece haver evidências de que essa dieta pode ser “extremamente benéfica”.

“Nada vai garantir a cura ou a prevenção da demência, mas nós achamos que há provavelmente coisas que as pessoas podem fazer para reduzir suas chances de desenvolver essas doenças”, disse ele.

“Nós não queremos estimular falsas esperanças, mas esperamos que este estudo produza recomendações seguras para as pessoas”, disse.

As primeiras conclusões do estudo devem ser divulgadas em julho.

Fonte: BBCBrasil

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

Comments are closed.