ausências

Manifestação epilética centrencefálica generalizada, porém não-convulsiva, comuns na infância e mais raras no adulto. Também são chamadas de "pequeno mal", em contraposição ao "grande mal" que é a convulsão tônico-clônica generalizada com perda de consciência. Apresentam-se como crises súbitas e de curta duração (5 a 15 segundos), muito freqüentes e com alteração da consciência: o paciente empalidece, fixa o olhar e não atende ao meio ambiente, dando a impressão de estar completamente "ausente". Não têm etiologia definida, acreditando-se em uma origem genética. Podem vir, ocasionalmente, acompanhadas de crises convulsivas. Quando o número de ausências é muito acentuado, às vezes mais de 30 a 50 por dia, o quadro recebe o nome de picnolepsia. O tratamento é neurológico.

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra - Pós-doc em Filosofia Membro do Viktor Frankl Institute Vienna Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.