Relação psicológica entre as personagens Batman e Tarzan

Neste artigo, relaciono as características psicológicas das personagens Batman e Tarzan, tal como caracterizadas no meu artigo Caracterização psicológica das personagens Batman, Tarzan e King-Kong ( Resende, 2010 ).

Ora, aí indico que algo de comum a Batman e Tarzan, é essas personagens constituirem-se enquanto síntese generalizadora, em que cada personagem masculina sintetiza características tipicamente femininas.

Em relação a Batman, ou Homem-Morcego, realçam-se as características eco-localizadoras, que são típicas nos morcegos. Estes deslocam-se por eco-localização, lançando um guincho sub-sónico para detectar presas e obstáculos, através do embater do guincho nos mesmos com o seu retorno até ao próprio morcego, funcionando assim como radar.

Ora, é este tipo de radar que surge como tipicamente feminino, pelo lançamento de vocalizações, gritos, verbalizações e execução de gestos mais ou menos abruptos, no sentido de evocar uma resposta por parte do interlocutor, tentando, pois, indagar, socialmente, o que fazer a seguir.

Já Tarzan, desloca-se pela selva utilizando as lianas, espécie de cordas vegetais dependuradas em árvores.

A síntese que é feita é que nos relacionamentos tipicamente femininos, amiúde histéricos, ocorre aquilo que pode ser chamado de catar sexual, com importantes características sociais. Como acontece, mas mais estritamente ao nível da limpeza, de importância social, nos outros primatas, este catar sexual terá importantes conotações hierárquicas entre as mulheres.

Importa-nos aqui realçar que este catar sexual parece ser um meio de deslocação social e societal para as mulheres, particularmente no contexto histérico, daí a relação com as lianas utilizadas por Tarzan.

Ora, crucial neste artigo é considerar e relacionar os factos da menstruação das raparigas e mulheres, a característica do que Batman representa, enquanto Homem-Morcego, representando os morcegos, portanto, e as suas características vampirescas, sugadoras de sangue, e ainda o catar sexual.

Assim, afigura-se que, social e societalmente, ocorre uma deslocação sexuo-vampiresca por parte das mulheres. Haverá o sentimento por parte das mulheres de estar a sugar sexualmente o sangue de outra mulher. O facto de não haver a certeza se outra mulher está menstruada levará a diferenciações hierárquicas nos relacionamentos, considerando o já dito acerca das conotações hierárquicas do catar sexual.

A título cultural, poder-se-à dizer que as caracterizações aqui feitas poderão, em parte, explicar o mega-sucesso cinéfilo da saga Crepúsculo ( Twilight ), entre os adolescentes, particularmente as adolescentes. Na saga, o vampiro protagonista, na sua relação com a adolescente humana, apaixonada por ele, representará o fascínio da união entre as mulheres, através das características apontadas neste artigo.

Dir-se-à que é um fascínio matriarcal, que faz todo o sentido no contexto do matriarcado capitalista, contexto no qual surgiram as produções cinéfilas de grandes massas de Batman, Tarzan e Crepúsculo, nas quais a síntese masculina das mulheres é idolatrada.

Bibliografia
Resende, S. ( 2010 ). Caracterização psicológica das personagens Batman, Tarzan e King-Kong in www.redepsi.com.br, em secção Artigos/Teorias e Sistemas no Campo Psi em 22/11/2010 

About Sérgio Miguel Ramos Duarte Fortes Resende

Comments are closed.