Epilépticos conseguem controlar videogame com o pensamento

Engenheiros americanos criaram um sistema para controlar os movimentos de um videogame através de ordens do cérebro transmitidas por eletrodos, revelou hoje, segunda-feira, a revista Journal of Neural Engineering.

Engenheiros americanos criaram um sistema para controlar os movimentos de um videogame através de ordens do cérebro transmitidas por eletrodos, revelou hoje, segunda-feira, a revista Journal of Neural Engineering.

Apenas ao pensar na palavra “jogue”, quatro voluntários epilépticos puderam conduzir um videogame relativamente simples.

Os cientistas assinalaram que o sistema é importante, já que ajudaria a encontrar a forma de criar computadores ou máquinas controladas exclusivamente pelo cérebro.

Esses computadores beneficiariam pessoas paralisadas ou vítimas de acidentes e lhes ajudariam a trabalhar, ler, escrever e até se deslocar em distâncias curtas.

Com eletrodos conectados ao cérebro, os pacientes aprenderam a controlar com o pensamento o cursor do computador em poucos minutos, disseram no artigo Eric Leuthardt, neurocirurgião do Hospital Barnes-Jewish de San Luis (Missouri), e Daniel Moran, professor de engenharia médica da Universidade Washington dessa cidade.

As conexões com eletrodos, utilizadas para determinar a origem dos ataques epilépticos, ocorreram sobretudo na zona de Broca, que está vinculada à linguagem.

Depois de poucas sessões, os pacientes podiam jogar através de sinais provenientes da superfície de seu cérebro. Eles conseguiram uma precisão de 74 a 100 por cento. Um deles acertou 33 alvos de maneira consecutiva.

[url=http://noticias.uol.com.br/saude/ultnot/efe/2004/06/14/ult2067u195.jhtm]Fonte: UOL Notícias[/url]

Comments are closed.