OMS alerta para riscos de medicina alternativa

A Organização Mundial de Saúde (OMS) fez um alerta sobre o uso de remédios da chamada “medicina alternativa” e pediu controles mais rígidos sobre os produtos.

Segundo a OMS, na China, país onde é grande o uso da medicina não-alopática, o número de reações adversas aos remédios alternativos passou de 4 mil em 1999 para 9.854 em 2002. A OMS divulgou novas normas para aconselhar usuários de terapias que vão de acupuntura a ervas medicinais e suplementos alimentares.

[url=http://www.bbc.co.uk/portuguese/ciencia/story/2004/06/040623_alternativadtl.shtml]Fonte: BBC Brasil Online [/url]
A Organização Mundial de Saúde (OMS) fez um alerta sobre o uso de remédios da chamada “medicina alternativa” e pediu controles mais rígidos sobre os produtos.

Segundo a OMS, na China, país onde é grande o uso da medicina não-alopática, o número de reações adversas aos remédios alternativos passou de 4 mil em 1999 para 9.854 em 2002. A OMS divulgou novas normas para aconselhar usuários de terapias que vão de acupuntura a ervas medicinais e suplementos alimentares.

[url=http://www.bbc.co.uk/portuguese/ciencia/story/2004/06/040623_alternativadtl.shtml]Fonte: BBC Brasil Online [/url]

Comments are closed.