Estudo indica que cachorros podem ajudar a prever ataques epiléticos em crianças

Além de brincar e fazer companhia às crianças, talvez os cães de estimação colaborem com a saúde dos pequenos. Pesquisadores da Divisão de Neurologia Pediátrica do hospital da Universidade de Calgary, no Canadá, estudaram o comportamento de animais que convivem com crianças epiléticas e observaram que parte deles, além de reagir de forma específica às crises de seus pequenos donos, é capaz de prever os ataques.

[url=http://www2.uol.com.br/cienciahoje/chdia/n1087.htm]Fonte: Revista Ciência Hoje Online [/url]
Além de brincar e fazer companhia às crianças, talvez os cães de estimação colaborem com a saúde dos pequenos. Pesquisadores da Divisão de Neurologia Pediátrica do hospital da Universidade de Calgary, no Canadá, estudaram o comportamento de animais que convivem com crianças epiléticas e observaram que parte deles, além de reagir de forma específica às crises de seus pequenos donos, é capaz de prever os ataques.

[url=http://www2.uol.com.br/cienciahoje/chdia/n1087.htm]Fonte: Revista Ciência Hoje Online [/url]

,

Comments are closed.