Prefeitura de São Paulo cria plataforma on-line com dados da cidade

Administrar um município como São Paulo, o mais populoso de todo o hemisfério Sul, com mais de 11 milhões de habitantes, é tarefa difícil. Para tentar ajudar, técnicos da Secretaria Municipal de Planejamento (Sempla) criaram a ferramenta Infoloc@l, que permite amplo acesso ao banco de dados da prefeitura.
Administrar um município como São Paulo, o mais populoso de todo o hemisfério Sul, com mais de 11 milhões de habitantes, é tarefa difícil. Para tentar ajudar, técnicos da Secretaria Municipal de Planejamento (Sempla) criaram a ferramenta Infoloc@l, que permite amplo acesso ao banco de dados da prefeitura.
Cultura, esporte, economia, educação, habitação, meio ambiente, saúde, transporte e abastecimento (feiras e mercados) são algumas áreas com indicadores disponíveis, que podem ser agrupados em unidades territoriais como município, bairros ou distritos.

O sistema permite trabalhar com tabulações e cruzamento de dados, representações cartográficas de informações, construção de mapas temáticos, estudos comparativos e análises espaciais, tendo como unidades territoriais o município, subprefeituras, distritos, setores censitários, quadras ou logradouros.

“O Infoloc@l é fruto de um compromisso que assumimos com a disseminação dos indicadores da cidade de maneira transparente. Pela internet, os usuários têm acesso livre aos dados, seja para fins de pesquisa ou de gestão”, disse Silvia Anette Kneip, diretora do Departamento de Estatística e Produção de Informação da Sempla, à Agência FAPESP.

Segundo ela, a plataforma estimula a divulgação dos indicadores da Sempla, que já contava com dados estatísticos de todas as outras secretarias municipais. O sistema permite visualizar qualquer ponto da cidade, com detalhes sobre os bairros e ruas. “Com o Infoloc@l, o usuário pode usar mapas e tabelas disponíveis ou criar novos a partir dos indicadores que compõem o sistema”, explicou Silvia.

De acordo com a diretora do Departamento de Estatística e Produção de Informação da Sempla, até o fim de abril será acoplado um novo módulo para que o usuário possa elaborar um banco de dados próprio que reúna indicadores de interesse pessoal.

Outra área estará disponível a partir de julho, mas com acesso restrito a técnicos da prefeitura. “O objetivo desse módulo é modernizar a administração municipal. Os gestores públicos poderão inserir novas informações e dialogar entre eles para a tomada de decisões”, disse Silvia.

O Infoloc@l emprega busca por palavra-chave e reúne dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade) e da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) do Ministério da Trabalho e Emprego (MTE), além de indicadores produzidos pela prefeitura de São Paulo.

Fonte: [url=http://www.agencia.fapesp.br/boletim_dentro.php?id=6763]Agência FAPESP[/url]

About Marina Bellissimo Rodrigues

,

Comments are closed.