Equivalência De Estímulos E Ensino De Discriminação De Acordes Tocados No Violão

Luis Fernando Toniollo Reis; Júlio César Coelho de Rose Universidade Federal de São Carlos Departamento de Psicologia

Tendo como base a escassez de estudos no campo da análise do comportamento acerca do comportamento do músico, esse estudo busca utilizar a equivalência de estímulos para orientar a realização de um treino de discriminações condicionais envolvendo acordes tocados no violão. Foram utilizados acordes “maiores”, “menores” e “com sétima” como estímulos auditivos; suas cifras de violão correspondentes e as palavras escritas “maior”, “menor” e “sétima” como estímulos visuais. Os resultados até o momento indicam que a exposição ao treino melhorou sensivelmente o desempenho nos testes de generalização, além de uma diminuição no número de sessões necessárias para o treino das relações subseqüentes. CNPq

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.
Comments are closed.