Megaestudo vai investigar experiências de quase-morte

Um estudo envolvendo 25 hospitais na Grã-Betanha e nos Estados Unidos deverá examinar experiências de quase-morte em pacientes com ataque cardíaco.
Um estudo envolvendo 25 hospitais na Grã-Betanha e nos Estados Unidos deverá examinar experiências de quase-morte em pacientes com ataque cardíaco.

Os especialistas vão examinar 1,5 mil casos de sobreviventes para verificar se as pessoas que tiveram suspenso o seu batimento cardíaco ou atividade cerebral podem ter experiências de se ver fora do próprio corpo. Algumas pessoas dizem ter visto um túnel ou luz forte, outros dizem se lembrar de observar a atividade de médicos e enfermeiros, do "teto" do quarto do hospital.

O estudo, intitulado Aware – sigla inglesa para "consciência durante ressuscitação"), está previsto para durar três anos e será coordenado pela Universidade de Southampton, na Grã-Betanha.

Para testar a "visão de cima", os pesquisadores vão instalar prateleiras especiais em áreas de atendimento de emergência de hospitais. Elas deverão conter fotografias que só podem ser vistas de cima.

Sam Parnia, chefe do estudo, junto com outros médicos, vão analisar a atividade cerebral dos mais de mil sobreviventes de ataques cardíacos e verificar se eles podem se lembrar das imagens nas fotos das prateleiras.

Parnia trabalha como médico em terapia intensiva e, baseada em sua experiência diária, sentiu que a ciência não explorou adequadamente a questão da "quase-morte".

Notícia retirada da fonte:

BBC Brasil

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

Comments are closed.