Conclusões do V Encontro de Editores de Revistas Científicas de Psicologia

Como já divulgado anteriormente, o V Encontro de Editores de Revistas Científicas de Psicologia fora realizado no dia 30 março, no Anfiteatro “Carolina Bori” do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IPUSP); O encontro apresentou conferências, painéis e um curso, além de outras atividades como a eleição da nova Diretoria da ABECiPsi. Os profissionais durante os dois dias de evento desenvolveram suas atividades, todas obviamente focadas na publicação científica e nas variáveis que a envolvem.
A conferência “Desafios na publicação científica”, desenvolvida por Gilson Volpato, ilustrou através do Método Lógico a questão de base filosófica e lógica que permeia a ciência e, segundo Volpato, a “(…) concepção básica é que cada texto é um texto, onde a lógica do discurso é prioritária para tomada de decisões sobre essa construção”.

Tâmara Melnik, em seguida, apresentou seu conhecimento (sendo a mesma a primeira psicóloga brasileira a fazer uma revisão sistemática seguida de metanálise em Psicologia) acerca da definição da Psicologia Baseada em Evidências que, segundo a American Psychological Association (APA), se trata da integração entre a pesquisa de alta qualidade metodológica com a habilidade clínica; Conforme explanou Melnik, o psicólogo deve extrair de seu “acervo” de conhecimentos construídos e organizados o que lhe será útil na resolução de seus problemas.

Encerrando as atividades, teve destaque o painel “Por que os autores precisam pagar para publicar artigos?”, que trouxe até o encontro Abel Packer (Coordenador do SciELO), Denise Bandeira (Editora da revista Psicologia: Reflexão e Crítica), Gilson Volpato, (Especialista em Escrita Científica),  José Leopoldo Ferreira Antunes (Editor da Revista de Saúde Pública), e Sueli Mara Ferreira (Diretora do Departamento Técnico do SIBi/USP), sendo mediado por Maria Imaculada Cardoso Sampaio; O debate discutiu principalmente acerca dos altos custos para publicação em revistas científicas, além do pouco apoio que as mesmas encontram por parte dos órgãos públicos de apoio a ciência e de que maneira as supracitadas revistas fazem para sobreviver. Em resposta a isso, uma alternativa adotada fora cobrar o autor para que o mesmo possa submeter ou publicar o artigo (alternativa esta tema de amplo debate nos últimos meses); Cada membro do painel apresentou suas posições acerca de tais assuntos, concluindo que tal medida não é mais adequada para contornar os problemas enfrentados pela área. Aos editores permanece a difícil tarefa de sustentar a revista com poucos recursos e, com o advento da mesma à Internet, enfrentar a queda considerável do número de assinantes.

O vídeo do Encontro com o debate supracitado na íntegra está disponível no site da ABECiPsi.

Em suma, o Encontro concluiu as seguintes recomendações: que a ABECiPsi, em parceria com a coordenação do PePSIC, desenvolva uma ação para centralizar os pedidos do Digital Object Identifier (DOI) para as revistas do portal, formule um informativo (como por exemplo um Boletim) com o intuito de divulgar o conhecimento científico publicado em revistas científicas entre os psicólogos que não estão na Academia e que não têm acesso aos eventos da área, e que desenvolva um projeto junto com os editores que permita centralizar algumas atividades comuns que oneram os custos de publicação das revistas científicas.

No dia 31 de março, Gilson Volpato ministrou o curso “Estruturação de artigo para publicação internacional: o método lógico”, que instruiu os inscritos acerca de como utilizar a lógica no desevolvimento de artigos e outros textos científicos; Segundo o ministrante do curso, o Método Lógico “(…) inclui uma rotina de etapas que, se seguidas rigidamente, garantem a construção de um texto importante, vistoso, sólido e sintético. Essa rotina se inicia com uma administração adequada do tempo e chega até a construção eficiente de frases e parágrafos.”.

Fonte: Organização – ABECPsi

Comments are closed.