Pesquisa aponta que praticar bullying pode ser sintoma componente de transtorno mental

Pesquisa desenvolvida pela Brown University e publicada recentemente em congresso americano aponta que praticar bullying pode ser sintoma componente de transtorno mental.
Em análise as respostas dos pais de mais de 64 mil crianças identificadas com transtornos mentais ou praticantes de bullying, os pesquisadores descobriram que os indivíduos considerados bullies (que praticam o bullying) estavam duas vezes mais sob risco de terem depressão, ansiedade e Transtorno de Déficit de Atenção.

As descobertas da pesquisa enfatizam também a importância de providenciar-se suporte psicológico não somente as vítimas do bullying mas também aos bullies.

Os pesquisadores pontuam quão é importante que pais, clínicos e professores possam identificar as raízes da raiva da criança, e ajudá-la a canalizar essa agressividade da melhor maneira possível; Pesquisas anteriores apontam que ambos os praticantes e as vítimas de bullying possuem três vezes mais pensamentos suicidas do que outras crianças.

Um estudo de 2007 aponta também para o maior risco de transtornos mentais na fase adulta para as vítimas e praticantes de bullying, sendo que tais transtornos tendem a desenvolver-se em transtornos de ansiedade ou de personalidade.

Estudos desse gênero dão luz as dinâmicas complexas que envolvem o comportamento de praticar bullying, além de oferecer aos pais e profissionais ideias de como trabalhar tais comportamentos.

Fonte: ABC News

Trackbacks/Pingbacks

  1. Cartilha orienta pais e educadores para combater o bullying | Anônimos no Divã - 29 de outubro de 2014

    […] com problemas mentais praticam mais bullying, aponta estudo – Programa Bem Estar/G1 Pesquisa aponta que praticar bullying pode ser sintoma componente de transtorno mental – Rede […]



loading...