RedePsi - Psicologia

Dicionário

BALL, Benjamin (1833-1893)

Benjamin Ball nasceu a 20 de abril de 1833 em Nápoles, no reino das Duas Sicílias, de pai inglês e mãe suíça, mas faria sua carreira em Paris. Nomeado residente dos Hôpitaux em 1855, começou sua residência junto a Moreau de Tours, médico do Hospital Bicê­tre, o que lhe valeu, já no ano seguinte, a sua primeira publicação na Gazette des Hôpi­taux: "Alucinação da visão e da audição­ – Tratamento pelo haxixe – Cura".

Doutor em medicina em 1862, professor em 1866, médico dos Hôpitaux em 1870, assistente de Lasegue na enfermaria es­pecial da polícia, ministrou na Faculdade de Medicina, em 1875-76, um curso comple­mentar sobre as doenças mentais. Quando, em 1875, criou-se uma cátedra oficial de doenças mentais e do encéfalo, Ball, apoiado por Lasègue, candidatou-se, competindo com Magnan. Ball foi vitorioso. Nomeado em 1877, só começaria a ensinar dois anos depois, a 16 de novembro de 1879, por pro­blemas de orçamento. Sua primeira aula foi consagrada à "Medicina mental através dos séculos". O curso era dado no Hospital Sainte-Anne, feudo de Magnan, enquanto o serviço de Ball estava no Hospital Laënnec. Ball acabaria obtendo uma parte de duas alas em construção em Sainte-Anne, mas nunca houve simpatia entre os dois médicos, que se apresentariam, a partir de então, como chefes de escolas rivais. A Sociedade Médico-Psico­lógica conservou os ecos dessa rivalidade durante as longas discussões em 1886-88 sobre o delírio crônico e sobre a classificação das doenças mentais em 1888-89. Em 1881, Ball fundou com Luys o jornal L'Encé­phale, que existiria até 1888. Em 1883, foi eleito para a Academia de Medicina, e em agosto de 1890 assumiu a presidência do primeiro Congresso Anual de Medicina Mental de Rouen (atual Congresso de Psi­quiatria e de Neurologia de Língua France­sa). Morreu em Paris, a 23 de fevereiro de 1893.

Acesso à Plataforma

Assine a nossa Newsletter