MEAD, Edward (1819-1883)

Nascido a 21 de março de 1819 em Leeds (Inglaterra), Mead tinha doze anos quando sua família fixou-se em IIIinois. Em 1841, diplomou-se pelo Colégio de Medicina de Cincinnati e, depois de um ano na Europa, instalou-se num subúrbio de Chicago. Come­çou a militar no seio de um movimento de opinião que, desde 1829, reivindicava a aber­tura de um asilo de alienados em IIIinois. Foi justamente nesse momento (1847), que Do­rothea Dix obteve a criação desse hospital em Jacksonville. Mead estava na lista dos candidatos a médico-chefe, quando lhe obje­taram que um homem da sua altura (media 1,60m) não conseguiria impor-se aos aliena­dos! Decepcionado, abriu em Chicago um estabelecimento particular, que seria destruí­do por um incêndio em 1851. Em 1852, fun­dou em Ohio a Cincinnati Retreat e oferece­ram-lhe uma cátedra de patologia mental e medicina legal, equivalente à ocupada desde 1847 por Samuel Smith em Columbus, nesse mesmo estado de Ohio, decididamente na vanguarda em matéria de psiquiatria. Infeliz­mente, como para Smith, suas funções teriam fim por causa de sua demissão, também em 1853. O ano de 1853 também foi aquele em que esse segundo professor de psiquiatria americano lançou o segundo periódico de psiquiatria dos Estados Unidos, o American Psychological Journal, que de janeiro a de­zembro teria seis números, antes de desapa­recer (felizmente, o American Journal of ln­sanity de Brigham, fundado em Utica (NY) em 1844, teve melhor sorte). Em 1869, Mead fechou a Cincinnati Retreat, criou um tercei­ro estabelecimento em Winchester (Mas­sachusetts) em 1872, e depois um quarto em Roxbury em 1873, que dirigiria até a sua morte acidental em um naufrágio ao largo dos Açores, em 1883, durante um cruzeiro.

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra – Pós-doc em Filosofia
Membro do Viktor Frankl Institute Vienna
Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.