A importância do papel do psicólogo na Orientação Sexual

A sexualidade humana compreende aspectos diversificados e complexos, uma vez que norteia nossa relação com o nosso corpo, afetos, relacionamentos, mitos, reprodução e DSTs. A formação da identidade sexual se dá em níveis biológicos, psicológicos (tomada de consciência) e nível social (aprendizagem dos papéis sexuais).
Realizar um trabalho de orientação sexual em uma escola possibilita aos alunos informações e reflexões a cerca de todos os aspectos que envolvem a sexualidade. A informação pode ser a mesma para todos, mas a reflexão é individual, levando cada pessoa a formar posturas personalizadas.

A escola hoje não tem função apenas de ensinar, mas de formar cidadãos conscientes do seu papel na sociedade, tornando-se capazes de enxergar a realidade e discernir sobre como agir.Faz-se necessário não só trabalhar com crianças e adolescentes os processos cognitivos, mas todos os aspectos relacionados com a afetividade, com a formação da cidadania, com a ética, com a sexualidade.Deste modo, este projeto propôs ser mais um instrumento de discussão e esclarecimentos de dúvidas a cerca da sexualidade humana.

Ao final do projeto percebeu-se a importância da execução deste trabalho, uma vez que os alunos denotaram pouco ou nenhum conhecimento sobre a sexualidade, constatada não só pelas perguntadas formuladas (oral e escrita), mas pelas expressões de espanto e assombro de diversos temas discutidos e expostos. Como exemplo, cita-se o desconhecimento e/ou conhecimento ínfimo sobre os órgãos sexuais e reprodutores masculino e feminino (anatomia, função, características).

Outro aspecto muito relevante, averiguado durante este trabalho, foi o pouco conhecimento das docentes a respeito dos temas, relatando a importância deste trabalho com os seus alunos, uma vez que se sentiam inibidas, constrangidas e pouco capacitadas para abordá-lo em sala de aula.

O projeto foi executado na Fase II e IV do ensino Fundamental da Escola Municipal Erinea Inácia Maria de Carvalho Silva, na cidade de Itutinga – MG, respeitando as faixas etárias e grau de compreensão dos alunos. Para isto utilizou-se recursos de apresentação em PowerPoint, facilitando a visualização das figuras, elaboração de desenhos que resumissem a compreensão dos temas abordados, caixa de perguntas para os alunos exporem suas dúvidas, cartazes resumindo o conhecimento à cerca do projeto que participaram, fotos com a exposição de todos os desenhos, cartazes, materiais didáticos utilizados junto aos alunos e professoras. Especificamente os objetivos foram:- informar o projeto aos alunos;- apresentar e adequar o projeto (caso necessário) dividido em cinco tópicos: visão geral da sexualidade, anatomia sexual masculina e feminina, reprodução, parto, métodos anticoncepcionais e DSTs através de apresentação em PowerPoint;- solicitar aos alunos, após cada tópico, a realização de desenhos a cerca do que compreendeu;- esclarecer dúvidas feitas oralmente ou escritas (através da caixa de dúvidas);- realizar ao final do projeto uma exposição dos desenhos referentes a cada tema discutido e um cartaz confeccionado coletivamente resumindo o entendimento do projeto.

O projeto teve um total de oito encontros (um por semana), com duração de uma hora cada. Foram utilizados recursos materiais como:  sala de cinema da escola, CD-ROM para apresentação em Power-point, folhas de papel sulfite para os desenhos e também para a elaboração das perguntas, lápis (preto, de cor), borracha, cartolinas, –          revista usada, cola e fita crepe, máquina fotográfica, revistas e livros sobre os temas,  painéis,  caixa de perguntas, material didático (métodos contraceptivos) 

Regiane Guimarães Silva
Psicóloga      CRP: 04/17265 

 

About Regiane Guimarães Silva

psicóloga formada há mais de oito anos, com experiência em psicologia escolar, clínica, APAE e social (idosos)
Comments are closed.