Pesquisa demonstra a importância da empatia no tratamento

De acordo com a notícia publicada pela revista Viver Mente e Cérebro, em sua versão online, a empatia do médico pode contribuir inclusive com a melhora no sistema imunológico de seu paciente.

De acordo com a notícia publicada pela revista Viver Mente e Cérebro, em sua versão online, a empatia do médico pode contribuir inclusive com a melhora no sistema imunológico de seu paciente.

É o que os dados obtidos por pesquisadores da escola de Medicina e Saúde Pública da Universidade de Wisconsin, nos Estados Unidos, demonstraram, conforme publicação realizada no periódico Family Medicine.     

De acordo com os pesquisadores, pacientes que foram atendidos por médicos mais atenciosos tiveram melhoras significativas em seu sistema imunológico e o período de resfriado reduzido em um dia, em média, se comparado aos atendidos por médicos não atenciosos.

Se em medicina a empatia mostra-se como uma variável importante, em psicologia
então nem se fala. Existem diversas pesquisas que evidenciam que a relação terapêutica é de suma importância no tratamento, já, e os psicólogos vem a muito tempo valorizando isto. Talvez esta seja uma lição que muitos outros profissionais tem a aprender com a psicologia.

Fonte: Viver Mente & Cérebro.

,

Comments are closed.