BOTTEX, Alexandre (1795-1849)

Filho de um tabelião de Neuville-sur-Ain, Bottex exercia a medicina em Lyon, havia alguns anos, quando foi chamado em 1830 para suceder a Faivre no Hospital de L' An­tiquaille, local inadaptado onde haviam sido reunidos os alienados do Hospital La Charité e da Santa Casa (e também os sifilíticos e doentes atingidos por afecções cutâneas), em conseqüência dos protestos de Louis Amard.

Em 1847, a administração decidiu cons­truir um estabelecimento mais confortável e encarregou Bottex de fazer o projeto de um novo asilo, que abriria suas portas 30 anos depois, graças à obstinação do seu aluno Arthaud.

Desde 1831, Bottex instaurou na Anti­quaille um curso clínico sobre as doenças mentais, que considerava de natureza exclu­sivamente orgânica. Perito afamado, deve­mos-lhe um tratado intitulado "Da medicina legal dos alienados em suas relações com a legislação criminal".

Morreu a 16 de setembro de 1849.

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra - Pós-doc em Filosofia Membro do Viktor Frankl Institute Vienna Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.