RedePsi - Psicologia

Dicionário

MOLL, Jan-Marius (1879-1926)

Nascido em Blumendal (Países Baixos), Moll cresceu na atmosfera do asilo de Meerenberg, onde trabalhavam seu pai e seu avô. Seu nome está ligado à psiquiatria sul-africana.

Começara a fazer estudos de embriologia na Universidade de Utrecht, quando proble­mas de saúde o obrigaram a mudar de clima. Partiu para Heidelberg, onde encontrou em­prego junto a Nissl, foi depois para Berna, onde trabalhou com Paul Dubois, e orien­tou-se para a medicina. Foi ainda por causa do clima que decidiu ir para a África do Sul, onde se fixaria definitivamente. Em 1911, foi médico do Hospital Psiquiátrico de Westkop­jies em Pretória e em 1915 chegou a Johan­nesburgo, onde acumulou as funções de es­pecialista em doenças mentais e nervosas no Hospital Geral, de médico-inspetor das esco­las, de conselheiro para os problemas de psi­quiatria em matéria de educação e de perito junto à Corte de justiça. Em 1922, depois de uma permanência na Europa tornou-se o primeiro professor do Departamento de Psi­quiatria recém-criado na Universidade de Wit­watersrand. Sua saúde, havia muito tempo de­ficiente, logo o obrigou a interromper o seu magistério. Morreu em 1926, aos 47 anos.

Moll contribuiu muito para o desenvolvi­mento da psiquiatria na África do Sul, onde difundiu os métodos terapêuticos utilizados na Europa, divulgou o recurso ao laboratório e introduziu a utilização dos métodos psico­métricos, que procurou adaptar às particula­ridades locais, tanto no que se referia ao campo da patologia quanto ao da educação. Contribuiu assim para dar um lugar para a psiquiatria no currículo normal dos estudos médicos do seu país de adoção.

Acesso à Plataforma

Assine a nossa Newsletter